Serviço por amor - Estudos Bíblicos Adventistas

Ser Cristão, é ser Discípulo do Cristo.
Ir para o conteúdo

Serviço por amor

Reflexões Cristãs
Reflexões Cristãs
O conselho talvez tenha mais significado pelo facto de ser dirigido a mi povo que se estava a tornar cada vez mais idólatra. Deuses estranhos tinham sido levados para lá. Deuses cananeus estavam a cativar o povo de Deus.

Josué apela à liberdade com que cada um foi criado. “Escolhei”, diz ele. A liberdade, um dos dons mais sagrados que Deus entregara ao homem, estava a tornar-se a tragédia do povo. Eles não estavam a saber escolher.

Ao longo da Bíblia encontramos, repetidas vezes, que Deus tenta ensinar o Seu povo a usar a sua liberdade. Pode haver maior alegria: ira o pai do que ver o seu filho a usar sabiamente o poder de decisão? Porque será que os seres humanos têm medo de decidir e quando decidem fazem-no mal?

Quando aparece uma eleição no sábado corremos imediatamente a perguntar se devemos votar ou não. Não queremos decidir. A instrução ia Palavra de Deus é clara, mas temos medo de decidir, queremos que outros o façam por nós.

Deus deleita-Se com o serviço dos Seus filhos, mas quer que o serviço seja voluntário. Ele pede-nos para escolher entre a vida e a morte, acon­selha-nos a escolher a vida, mas não interfere se escolhemos o contrário.
Esta liberdade que Deus nos dá pode muitas vezes ser interpretada como “debilidade divina”. Mas Ele prefere as
sim. Podia ter-nos criado como máquinas programadas para obedecer, mas não o fez. Podia ter-nos cria­do sem a possibilidade de pecar, mas então não seríamos livres, seríamos escravos do bem e Deus não quer que sejamos escravos nem mesmo de coisas boas como o bem. Isso é contrário ao Seu carácter.

Que tipo de serviço é o seu?

Serve-O porque tem medo de sofrer as consequências da sua desobediência?

Porque tem medo de perder-se?

Porque a volta de Jesus está próxima e quer ser salvo?

Ou serve-O porque O ama e, voluntariamente, quer andar nos Seus caminhos para poder ver um sorriso de alegria no Seu rosto?
Voltar para o conteúdo