Semear e Ceifar - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Semear e Ceifar

A Bíblia Responde > XII – Crescimento e Experiência Cristãs
A Bíblia Responde - Capítulo nº 12 - Crescimento e Experiência Cristãs

1. Que diz S. Paulo no tocante a semear e ceifar?

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará." Gál. 6:7.

2. Como expressa Cristo essa mesma verdade?

"Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão; dai, e ser-vos-á dado; boa medida recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo." S. Luc. 6:37 e 38.

Os atos dos homens, quer bons quer maus, em geral lhes revertem em bênção ou maldição. Um agricultor vendeu manteiga a um negociante da cidade e comprou dele açúcar, queixando-se, mais tarde, de que o peso não estava certo. Ao fazer reclamação ao negociante, disse: "O senhor não me está entregando peso certo; em cada quilo falta alguma coisa." A isso, replicou o negociante: "Não, senhor, não pode ser, porque para pesar o açúcar eu sempre usei os pacotes de um quilo de sua manteiga."

"O bem e o mal voltam. . . . Deus fez o Universo segundo o plano do círculo. Isa. 40:22.... Nós mesmos iniciamos o círculo das boas ou más ações, que, por certo, darão a volta, chegando a nós novamente, a menos que por divina intervenção sejam disso impedidos. Esses atos maus ou bons poderão fazer um círculo que dure muitos anos; mas voltam tão certamente para nós como é certo que Deus está assentado sobre o globo da Terra.... Que extraordinário pensamento ó esse, de que o bem e o mal que iniciarmos voltarão para nós! Sabeis vós que o dia do juízo será o ponto em que o círculo se une, voltando ali para nós o bem ou o mal que tivermos feito, a menos que o impeça a intervenção divina?" — T. DeWitt Talmage.

3. Sob que condições, diz Cristo, Deus nos há de perdoar?

"Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas." S. Mat. 6:14 e 15. Ver também S. Mat. 18:23-35.

4. De conformidade com que princípio trata Deus com os homens?

"Com o benigno Te mostrarás benigno; e com o homem sincero Te mostrarás sincero; com o puro Te mostrarás puro; e com o perverso Te mostrarás indomável." Sal. 18:25 e 26.

5. Como é também ensinada esta mesma verdade no tocante aos ímpios?

"Visto que amou a maldição, ela lhe sobrevenha, e pois que não desejou a bênção, ela se afaste dele." Sal. 109:17.

6. De conformidade com quê, foi Babilónia julgada?

"Pagai-lhe conforme à sua obra, conforme tudo o que fez, fazei-lhe." Jer. 50:29.

7. Por que disse Cristo a Pedro que embainhasse sua espada?

"Mete no seu lugar a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada à espada morrerão." S. Mat. 26:52.

8. Por que seria o papado levado em cativeiro?

"Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto." Apoc. 13:10. Ver Lev. 25:10; Jer. 34:17.

9. Qual será a punição da Babilónia espiritual?

"Tomai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme às suas obras." Apoc. 18:6.

10. Que diz o salmista irá acontecer ao perseguidor?

"A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua mioleira." Sal. 7:16.

Em carta dirigida aos judeus, em 16 de novembro de 1905, dizia o presidente Theodore Roosevelt: "Tenho a convicção profunda de que se qualquer povo é oprimido em qualquer parte, o mal inevitavelmente recairá afinal sobre aqueles que o oprime; pois lei imutável é que, em sentido espiritual, ninguém pode praticar mal a outros, e não obstante escapar ao castigo final."

11. Que aconteceu a Hamã, que procurou assassinar todos os judeus?

"Enforcaram pois a Hamã na forca, que ele tinha preparado para Mardoqueu." Ester 7:10. Ver Sal. 9:15.

12. Se alguém quer conservar os amigos, que deve fazer?

"Não abandones a teu amigo, nem ao amigo de teu pai." Prov. 27:10.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal