Respostas à Oração - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Respostas à Oração

A Bíblia Responde > XIII – Oração e Culto Público
A Bíblia Responde - Capítulo nº 13 - Oração e Culto Público

1. Como Se antecipa Deus às necessidades de Seus filhos?

"E será que antes que clamem, Eu responderei: estando eles ainda falando, Eu os ouvirei." Isa. 65:24.

2. Haverá limite ao poder de Deus para ajudar?

"Ora, Àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos." Efés. 3:20.

3. Como promete Deus suprir as nossas necessidades?

"O meu Deus, segundo as Suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." Filip. 4:19.

4. Sabemos nós sempre o que nos convém pedir?

"Da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém." Rom. 8:26.

5. Acha Deus sempre por bem satisfazer nossas petições?

"Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A Minha graça te basta, porque o Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza." II Cor. 12:8 e 9.

O sofrimento de S. Paulo parece haja sido a vista imperfeita. Atos 9:8, 9 e 18; 22:11-13. A conservação desse defeito seria constante lembrança de sua conversão e assim, uma bênção disfarçada.

6. Que devemos fazer, caso não tenhamos imediatamente a resposta a uma oração?

"Descansa no Senhor, e espera n’Ele." Sal. 37:7.

7. Por que foi dada a parábola da viúva importuna?

"E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer." S. Luc. 18:1,

A viúva importuna foi atendida em virtude de sua persistência.

Deus quer que O busquemos, e busquemo-Lo fervorosamente, quando oramos. Ele é galardoador dos que O buscam diligentemente. Heb. 11:6.

8. Como orou Elias antes de obter a concessão de seu pedido?

"Elias era homem de natureza igual à nossa, e pediu com fervor que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e seis meses; tornou a pedir, e o Céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto." S. Tia. 5:17 e 18. [Versão Bras.] Ver Apoc. 11:3-6.

9. Sob que condição diz Cristo que havemos de receber?

"Por isso vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis, e tê-lo-eis." S. Mar. 11:24.

10. Atenderá Deus a oração em que não haja fé?

"Peça-a, porém, com fé, não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa." S. Tia. 1:6 e 7.

11. Que petição podemos confiantemente esperar que Deus atenda?

"E esta é a confiança que temos n’Ele, que se pedirmos alguma coisa segundo a Sua vontade, Ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que Lhe fizemos." I S. João 5:14 e 15.

A vontade de Deus exprime-se em Sua lei, Suas promessas e Palavras. Sal. 40:8; Rom. 2:17 e 18; I S. Ped. 1:4.

12. Como respondeu Deus às súplicas de Daniel e de seus companheiros, quando estavam para ser mortos em razão de os sábios de Babilónia não poderem revelar a Nabucodonosor seu sonho?

"Então foi revelado o segredo a Daniel numa visão de noite: então Daniel louvou o Deus do Céu." Dan. 2:19.

Em 1839, o sultão da Turquia decretou que nenhum representante da religião cristã devia permanecer no império. Ouvindo isto, o Dr. "William Goodell, missionário americano na Turquia, foi à casa de seu amigo e colega, Dr. Cyro Hamlin, diretor do Colégio Roberto, em Constantinopla, levando a triste nova: "Tudo acabou para nós; temos de partir. O cônsul americano e o embaixador inglês dizem que não adianta enfrentar com hostilidade esse violento e vingativo monnroa " A 11 o Dr. Hamlin: "Em resposta à oração, o Sultão do Universo pode mudar o decreto do sultão da Turquia." Dedicaram-se ambos à oração. No dia seguinte, o -sultão morreu, e o decreto nunca foi executado. Ver Dan. 4:17, 24 e 25.

13. Que fez a igreja, quando S. Pedro estava na prisão e prestes a ser executado por Herodes?

"Pedro, pois era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus." Atos 12:5.

14. Como foram atendidas suas orações?

"E eis que sobreveio o anjo do Senhor, ... e disse-lhe o anjo: ... Lança às costas a tua capa, e segue-me ... e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele." Atos 12:7-10.

15. Como Salomão pedisse sabedoria em vez de vida longa e riquezas, que lhe deu Deus além da sabedoria?

"Porquanto pediste esta coisa, ... eis que fiz segundo as tuas palavras: eis que te dei um coração tão sábio e entendido. ... E também até o que não pediste te dei, assim riquezas como glória." I Reis 3: 11-13.

Eis algumas coisas por que devemos orar, segundo nos ensinam as Escrituras:

(1) Pelo pão de cada dia. S. Mat. 6:11.

(2) Pelo perdão dos pecados. II Crón. 7:14; Sal. 32:5 e 6; I S. João 1:9; 5:16.

(3) Pelo Espírito Santo. S. Luc. 11:13; Zac. 10:1; S. João 14:16. '

(4) Por livramento na hora da tentação e do perigo. S. Mat. 6:13; S. João 17:11 e 15; Prov. 3:26; Sal. 91; S. Mat. 24:20.

(5) Por -sabedoria e entendimento. S. Tia. 1:5; I Reis 3:9; Dan. 2:17-19.

(6) Por tranquilidade e paz na vida. I Tim. 2:1 e 2.

(7) Pela cura dos doentes. S. Tia. 5:14 e 15; II Reis 20:1-11.

(8) Pela prosperidade dos pastores de Deus e do evangelho. Efés. 6:18 e 19; Col. 4:3; II Tess. 3:1.

(9) Pelos que sofrem por amor da verdade. Heb. 13:3; Atos 12:5.

(10) Pelos reis, governadores e todos quantos ocupam lugar de autoridade. I Tim. 2:1 e 2; Esd. 6:10.

(11) Pela prosperidade temporal. II Cor. 9:10; S. Tia. 5:17 e 18.

(12) Por nossos inimigos. S. Mat. 5:44.

(13) Por todos os santos. Efés. 6:18.

(14) Por todos os homens. I Tim. 2:l!

(15) Para que o Senhor reivindique Sua causa. I Reis 18:30-39.

(16)   Pela vinda de Cristo e do reino de Deus. S. Mat. 6:10; Apoc. 22:20.   

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal