O Ministério de Cristo - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O Ministério de Cristo

A Bíblia Responde > IV – Vida, Parábolas e Milagres de Cristo
A Bíblia Responde - Capítulo nº 04 -  Vida, Parábolas e Milagres de Cristo

1. Com que palavras anunciara João Batista o ministério de Cristo?

"Aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar,; Ele vos batizará com o Espírito Santo, e com. fogo." S. Mat. 3:11.

2. Que idade tinha Jesus quando começou Seu ministério?

"E o mesmo Jesus começava a ser de quase trinta anos." S. Luc. 3:23.

3. Por que ato e com que miraculosas manifestações foi iniciado Seu ministério?

"E aconteceu naqueles dias que Jesus, tendo ido de Nazaré, da Galileia, foi batizado, por João no Jordão. E, logo que saiu da água, viu os céus abertos, e o Espírito, que como pomba descia sobre Ele. E ouviu-se uma voz dos Céus, que dizia: Tu és o Meu Filho amado em quem Me comprazo." S. Mar. 1:9-11.

4. Por que experiência passou Jesus antes de entrar em Seu ministério ?

"E logo o Espírito O impeliu para o deserto. E ali esteve no deserto quarenta dias, tentado por Satanás. E vivia entre as feras, e os anjos O serviram." S. Mar. 1:12 e 13. Ver também S. Mat. 4:1-11; S, Luc. 4:1-13.

5. Com que foi Jesus ungido para Sua obra?

"Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com Ele." Atos 10:38.

6. Onde começou Jesus Seu ministério?

"Então pela virtude do Espírito voltou Jesus para a Galileia, e a Sua fama correu por todas as terras em derredor. E ensinava nas suas sinagogas, e por todos era louvado." S. Luc. 4:14 e 15.

7. Como anunciou Ele Sua missão em Nazaré?

"E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o Seu costume, na sinagoga, e levantou-Se para ler. E foi- Lhe dado o livro do profeta Isaías, e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito: O Espírito do Senhor é sobre Mim, pois que Me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-Me a curar os quebrantados do coração, a apregoar liberdade aos cativos, a dar vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos; a anunciar o ano aceitável do Senhor. .. . Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos." S. Luc. 4:16-21.

8. Que impressão produziu no povo Sua pregação?

"E todos Lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da Sua boca." S. Luc. 4:22.

9. Por que se admirava o povo de Cafarnaum de Seus ensinos?

"E desceu [Ele] a Cafarnaum, cidade da Galileia, e os ensinava nos sábados. E admiravam a Sua doutrina, porque a Sua palavra era com autoridade." S. Luc. 4:31 e 32.
10. Em que diferia o Seu ensino do dos fariseus?

"E aconteceu que, concluindo- Jesus este discurso, a multidão se admirou da Sua doutrina: porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas." S. Mat. 7:28 e 29.

11. Como recebia a Jesus o povo comum? "E a grande multidão O ouvia de boa vontade." S. Mar. 12:37.

"E a grande multidão O ouvia de boa vontade." S. Mar. 12:37

12. Que obra, em Seu ministério, se achava intimamente ligada com a pregação?

"E percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas suas sinagogas e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo." S. Mat. 4:23.

13. Quão vasta era Sua fama, e quantos eram a Ele atraídos?

"E a Sua fama correu por toda a Síria, e traziam-Lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos, e Ele os curava. E seguia-O uma grande multidão da Galileia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judeia, e de além do Jordão." S. Mat. 4:24 e 25.

14. Que expressão frequentemente empregada na narração de Seu ministério mostra a profunda simpatia de Cristo para com a humanidade?

"E, vendo a multidão, teve grande compaixão deles, porque andavam desgarrados e errantes, como ovelhas que não têm pastor." "E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela curou os seus enfermos." S. Mat. 9:36; 14:14.

15. Em que breves palavras resumiu Cristo o objetivo de Seu ministério?

"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido." S. Luc. 19:10.

16. De que maneira sentia Jesus a impenitência de Jerusalém?

"E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela." S. Luc. 19:41.

Em nenhum outro lugar Jesus parecia tanto um reformador como em Jerusalém, a sede da religião judaica, religião que, tendo vindo do próprio Cristo, havia degenerado em mero formalismo e numa série de cerimónias. Mas o começo e o fim de Seu ministério aqui foi assinalado por uma purificação do templo. Ver S. João 2:13-18 e S. Mat. 21:12-16.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal