Milagres de Cristo - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Milagres de Cristo

A Bíblia Responde > IV – Vida, Parábolas e Milagres de Cristo
A Bíblia Responde - Capítulo nº 04 -  Vida, Parábolas e Milagres de Cristo

1. Que testemunho deram da obra de Cristo os principais dos sacerdotes e os fariseus?

"Depois os principais dos sacerdotes e os fariseus formaram conselho, e diziam: Que faremos? porquanto este Homem faz muitos sinais." S. João 11:47.

2. Por meio de que, disse Pedro no dia de Pentecostes, Cristo havia sido aprovado por Deus?

"Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com maravilhas, e prodígios e sinais, que Deus por Ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis." Atos 2:22.

3. Por que meio dizia Jesus expulsar os demónios?

"Mas, se Eu expulso os demónios pelo dedo Deus, certamente a vós é chegado o reino de Deus." S. Luc. 11:20. S. Mat. 12:28 diz: "pelo Espírito de Deus."

Durante a terceira praga no Egito — a de transformar o pó em piolhos — os mágicos, não conseguindo imitá-la, disseram a Faraó: "Isto é e dedo de Deus." Êxo. 8:18 e 19.

4. Em que se baseava Nicodemos para crer que Cristo era um Mestre vindo de Deu*?

"Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus: porque ninguém pode fazer estes sinais que Tu fazes, se Deus não for com ele." S. João 3:2.

5. Depois da cura do cego, com que buscavam alguns fariseus provar que Cristo não era de Deus ?

"Então alguns dos fariseus diziam: Este Homem não é de Deus; pois não guarda o sábado." S. João 9:16, prim. parte.

Era uma falsa acusação, esta. Cristo guardava o sábado, mas não segundo as concepções dos fariseus quanto a essa observância. Ver o estudo Cristo e o Sábado.

6. Que pergunta fizeram outros em rebate a esse ponto de vista?

"Diziam outros: Como pode um homem pecador jazer tais sinais? E havia dissensão entre eles." S. João 9:16, últ. parte.

7. Qual foi o resultado dos milagres que Cristo fez nessa primeira páscoa?

"E, estando Ele em Jerusalém pela páscoa, durante a festa, muitos, vendo os sinais que fazia, creram no Seu nome." S. João 2:23.

8. Que pergunta a realização desses milagres levou muitos a formularem?

"E muitos da multidão creram n’Ele; e diziam: Quando o Cristo vier, fará ainda mais sinais do que os que Ele tem feito?" S. João 7:31.

9. Por que eram muitos atraídos para Cristo?

"E grande multidão O seguia; porque via os sinais que operava sobre os enfermos." S. João 6:2.

Um milagre é uma manifestação de poder divino ou sobre-humano, por uma maneira fora do comum ou extraordinária; daí o atrair a atenção. Cristo alimentou os cinco mil com a multiplicação dos pães e peixes, e todos se admiraram. Todos os dias Deus alimenta milhões da humanidade com a multiplicação dos frutos da terra, e ninguém se maravilha. Cristo, por um processo abreviado, transformou a água em vinho, e todos ficaram espantados; mas todos os anos Deus faz isso mesmo por um modo comum — mediante a videira —em quase ilimitadas quantidades, e ninguém se surpreende. Um milagre divino, portanto, sempre que se realiza, visa curar e salvar, e chamar a atenção para a fonte do divino poder.

10. Que disse o povo ao ver essas coisas?

"Tudo faz bem: faz ouvir os surdos e falar os mudos." S. Mar. 7:37.

11. Que espécie de doenças e enfermidades curava Jesus?

"E percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas suas sinagogas e pregando o Evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo." "Jesus, sabendo isso, retirou-Se dali, e acompanhou-O uma grande multidão de gente, e Ele curou a todos." S. Mat. 4:23; 12:15.

12. Quem era trazido a Jesus?

''E traziam-Lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos, e Ele os curava." S. Mat. 4:24.

13. Que, disse Cristo, sarou a mulher que Lhe tocou nas vestes?

"A tua fé te salvou." S. Mat. 9:22.

14. Que disse Ele aos dois cegos, quando os curou?

"Seja-vos feito segundo a vossa fé." S. Mat. 9:29.

15. Que disse Cristo a outro cuja vista Ele restaurara?

"A tua fé te salvou." S. Luc. 18:42.

16. Por que não operou Cristo muitos milagres em Sua própria terra?

"E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles." S. Mat. 15:58.

17. Que lição visava Cristo ensinar ao curar o paralítico?

"Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a Terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico) a ti te digo: Levanta- te, toma a tua cama, e vai para -tua casa." S. Luc. 5:24.

Por Seus milagres, portanto, Cristo visava ensinar fé no poder de Deus, não somente para restaurar o físico, mas para curar o espírito.

18. Que efeito, tinham os milagres de Cristo sobre os indivíduos restaurados, e o povo que os testemunhava?

"E logo viu, e seguiu-O glorificando a Deus. E todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus." "E todo o povo se alegrava por todas as coisas gloriosas que eram feitas por Ele." S. Luc. 18:43; 13:17.

19. Que mensagem enviou Cristo a João Batista enquanto este se achava na prisão, a fim de lhe fortalecer a fé?

"Ide, e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes: Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho. E bem- aventurado é aquele que se não escandalizar em Mim." S. Mat. 11:4-6.

20. Em que milagre culminou Cristo Suas obras na Terra?

_ "E, tendo dito isto, clamou com grande voz: "Lázaro, sai para fora.?

E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados em faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhe Jesus: Desligai-o e deixai-o ir." S. João 11:43 e 44.

21. Qual foi o resultado desse grande milagre?

"Muitos pois dentre os judeus, que tinham vindo a Maria, e que tinham visto o que Jesus fizera, creram nEle." S. João 11:45.

22. Que disseram os fariseus, em vista do interesse suscitado em torna de Jesus por esse milagre?

"Eis que toda a gente vai após Ele." S. João 12:19.

23. Que apresentou Jesus ao povo como base da confiança n’Ele?

"Se não faço as obras de Meu Pai, não Me acrediteis. Mas, se as faço, e não credes em Mim, crede nas obras; para que conheçais e acrediteis que o Pai está em Mim, e Eu n’Ele." "Crede-Me que estou no Pai, e o Pai em Mim: Crede-Me, ao menos, por causa das mesmas obras." S. João 10:37 e 38; 14:11.

24. Empregou Jesus meios comuns na realização de Seus milagres ?

"Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi pois, e lavou-se, e voltou vendo." S. João 9:6 e 7. Ver também S. Mar. 7:33-35; 8:23-25; II Reis 5:1-14.

25. Por que foram os milagres de Cristo registados pelos escritores inspirados?

"Jesus pois operou também em presença de Seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e para que, crendo, tenhais vida em Seu nome." S. João 20:30 e 31.



Milagres de Cristo


Transformando água em vinho (João 2:1-11)

Curando o filho do homem nobre (João 4:46-54)

Livrando um homem da sinagoga de espíritos demoníacos (Marcos 1:21-28; Lucas 4:31-37)

Curando a sogra de Pedro (Marcos 1:29-31; Lucas 4:38-39; Mateus 8:14-15)

A primeira de duas redes de peixe e a chamada dos Seus primeiros discípulos (Lucas 5:1-11)

Curando um leproso (Marcos 1:40-45; Mateus 8:1-4)

Curando um paralítico (Marcos 2:1-12; Mateus 9:2-8; Lucas 5:17-26)

Curando um homem em Betesda (João 5:1-15)

Curando um homem com uma mão atrofiada (Lucas 6:6-11; Mateus 12:9-13; Marcos 3:1-5)

Curando o servo do Centurião (Lucas 7: 1-10; Mateus 8:5-13)

Ressuscitando o filho da viúva (Lucas 7:11-16)

Expulsando um demónio que era mudo (Lucas 11:14-26; Mateus 12:22-32; Marcos 3:22-30)

Acalmando a tempestade (Marcos 4:35-41; Mateus 8:18-27; Lucas 8:22-25)

Curando um homem endemoninhado na região dos gerasenos (Marcos 5:1-20; Mateus 8:28; Lucas 8:26)

Curando uma mulher com um problema de hemorragia (Marcos 5:25-34; Mateus 9:18-26; Lucas 8:40-56)

Ressuscitando a filha de Jairo (Marcos 5:21-43)

Curando dois homens cegos (Mateus 9:27-31

Expulsando um demónio (Mateus 9:32-34)

Alimentando a multidão de mais de 5000 com cinco pães e dois peixes (João 6:1-14; Mateus 14:13-21;
Marcos 6:32-44; Lucas 9:10-17)

Andando sobre as águas (Mateus 14:22-33; João 6:15-21; Marcos 6:45-52)

Curando a filha endemoninhada da mulher cananeia (Mateus 15:21-28)

Curando um homem que era surdo e mudo (Marcos 7:31-37)

Alimentando uma multidão de mais de 4000 pessoas (Marcos 8:1-10; Mateus 15:32)

Curando o cego em Betsaida (Marcos 8:22-26)

Expulsando demónios de um menino lunático (Marcos 9:14-29; Mateus 17:14-21; Lucas 9:37-42)

Tirando uma moeda da boca de um peixe (Mateus 17:24-27)

Curando um homem cego de nascença (João 9:1-41)

Curando uma mulher que sofria com uma enfermidade há mais de 18 anos (Lucas 13:10-17)

Curando um homem que sofria de corpo inchado (Lucas 14:1-6)

Ressuscitando Lázaro (João 11:1-46)

Curando os dois leprosos (Lucas 17:11-19)

Curando o cego Bartimeu (Marcos 10:46-52)

Amaldiçoando a figueira (Marcos 11:12-26)

Curando a orelha de Malco (Lucas 22:49-51)

A segunda rede de peixes (João 21:1-12)
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal