Justificação pela Fé - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Justificação pela Fé

A Bíblia Responde > III – O Caminho a Cristo
A Bíblia Responde - Capítulo nº 03 -  O Caminho a Cristo
1. Qual é, da parte de Deus, a base da justificação?

"Para que, sendo justificados pela Sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna." Tito 3:7.

2. Qual é o meio por que essa graça justificadora se torna proveitosa ao pecador?

"Logo muito mais agora, sendo justificados pelo Seu [de Cristo] sangue, seremos por Ele salvos da ira." Rom. 5:9.

3. De que maneira nos apossamos da justificação?

"Concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei." Rom. 3:28.

4. Qual é o único meio por que os pecadores podem ser justificados, ou tornados justos?

"Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé de Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada." Gál. 2:16.

5. Que exemplo positivo torna claro o sentido dessa doutrina?

"Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua semente. E creu ele no Senhor, e foi-lhe imputado isto por justiça." Gên. 15:5 e 6.

6. Como é definida a justiça assim alcançada?

"E seja achado nEle, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé." Filip. 3:9.

7. Sobre que base é garantida a justificação?

"E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação." Rom. 5:16.?

8. Por que motivo o que faz qualquer obra recebe a recompensa ?

"Ora àquele que faz qualquer obra não lhe é imputado o galardão segundo a graça mas segundo a divida." Rom. 4:4.

9. Sob que condição é a fé imputada como justiça?

"Mas aquele que não pratica, mas crê nAquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça." Rom. 4:5.

10. Como é que a graça, como base de justificação, exclui a justiça pelas obras?

"E se isto é por graça já não é pelas obras: de outra maneira, a graça já não é graça: se porém é pelas obras, já não há mais graça: doutra maneira a obra já não é obra." Rom. 11:6. (Trad. Trinitária.)

11. De que maneira devem ser justificados tanto os judeus como os gentios?

"É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, se Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão." Rom. 3:29 e 30.

12. Que declaração testifica da fé de Abraão em Deus?

"E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus; e estando certíssimo de que o que Ele tinha prometido também era poderoso para o fazer." Rom. 4:20 e 21.

13. Qual foi o resultado disso?

"Pelo que isso lhe foi também imputado como justiça." Rom. 4:22.

14. Como podemos nós receber essa mesma justiça imputada?

"Ora não só por causa dele está escrito, que lhe fosse tomado em conta, mas também por nós, a quem será tomado em conta; os que cremos nAquele que dos mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor." Rom. 4:23 e 24.

15. Por que deve a fé que justifica apegar-se tanto à morte como à ressurreição de Cristo?

"O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação." Rom. 4:25. Ver também I Cor. 15:17.

A ressurreição de Cristo, a prometida Semente (Gál. 3:16), era necessária a fim de cumprir para com Abraão a promessa de uma incontável semente; e portanto a fé de Abraão na promessa de Deus, que incluía a ressurreição, lhe foi imputada como justiça. Sua fé apegou-se àquilo que tornou possível a justiça imputada. Ver Heb. 11:17-19.

16. Que é inseparável da experiência da justificação pela fé?

"Seja-vos pois notório, varões irmãos, que por Este se vos anuncia a remissão dos pecados. F. de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados por Ele é justificado todo aquele que crê." Atos 13:38 e 39.

17. Como fez Cristo com que fosse possível ser imputada a justiça ao crente?

"Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos foram feitos justos." Rom. 5:19.

18. Que declaração profética predisse esta verdade?

"Mas no Senhor será justificada e se gloriará toda a descendência de Israel." Isa. 45:25.

19. Que outra predição afirma a mesma grande verdade?

"Com o Seu conhecimento o Meu Servo, o Justo, justificará a muitos: porque as iniquidades deles levará sobre Si." Isa. 53:11.

20. A que habilita a Deus a imputada justiça de Cristo, sem por isso, deixar Ele de ser justo?

"Para demonstração de Sua justiça neste tempo presente, para que Ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus." Rom. 3:26.

21. Por que nome é Cristo com justiça chamado?

"Eis que vêm dias. diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e. sendo Rei, reinará e prosperará, e praticará o juízo e a justiça na Terra. Nos Seus dias Judá será salvo, e Israel habitará seguro: e este será o Seu nome, com que O nomearão: O SENHOR JUSTIÇA NOSSA." Jer. 23:5 e 6.

22. Que bendita experiência se segue à aceitação de Cristo como nossa justiça?

"Sendo pois justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo." Rom. 5:1.

23. Que se torna assim para o crente?

"Porque Ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; ... derrubando a parede de separação que estava no meio." Efés. 2:14.

24. Sobre que fundamento não há possibilidade de justificação para o pecador?

"Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado." Rom. 3:20.

25. Como testifica desta verdade a morte de Cristo?

"Não aniquilo a graça de Deus; porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde." Gál. 2:21.

26. Que se demonstra por qualquer tentativa de justificação pela lei?

"Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei: da graça tendes caído." Gál. 5:4.

27. Por que deixou Israel de alcançar a justiça?

"Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou à lei da justiça. Por quê? Porque não foi pela fé, mas como que pelas obras da lei; tropeçaram na pedra de tropeço." Rom. 9:31 e 32.

28. Que é revelado pela lei?

"Pela lei vem o conhecimento do pecado." Rom. 3:20.

29. Que testifica da genuinidade da justiça recebida pela fé, à parte das obras da lei?

"Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas." Rom. 3:21
.
30. Anulamos a lei de Deus pela fé?

"Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei." Rom. 3:31.

31. Que texto das Escrituras mostra que a justiça que é recebida pela graça, por meio da fé, não deve ser desculpa para continuar no pecado?

"Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nEle?" Rom. 6:1 e 2.

32. Exclui a fé as obras?

"Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem obras é morta?" S. Tia. 2:20.

33. Qual é a prova da fé genuína, viva?

"Mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras." S. Tia. 2:18.

34. Quais são, então, as provas visíveis da verdadeira justificação pela fé?

"Vedes então que o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé." S. Tia. 2:24. Ver também o v. 22.

35. Que grande permuta se operou em nosso favor em Cristo?

"Àquele que não conheceu pecado, O fez pecado por nós, para que nEle fôssemos feitos justiça de Deus." II Cor. 5:21.

Disse Lutero: "Aprendei a conhecer a Cristo, e Ele crucificado. Aprendei a cantar um novo cântico — a desesperar de vossas próprias obras, e a clamar a Ele: Senhor Jesus, Tu és minha justiça, e eu o Teu pecado. Tomaste sobre Ti o que era meu, e deste-me o que Te pertencia; o que não eras Te tornaste, a fim de que me pudesse tornar aquilo que eu não era." — "História da Reforma" de d'Aubigné, Vol. 2, cap. 8.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal