Julgar e Criticar - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Julgar e Criticar

A Bíblia Responde > XV – Admoestações e Advertências
A Bíblia Responde - Capítulo nº 15 - Admoestações e Advertências

1. Que advertência dá Cristo acerca do julgar?

"Não julgueis, para que não sejais julgados." S. Mat. 7:1.

2. Como é chamado Satanás nas Escrituras?

"0 acusador de nossos irmãos ... o qual diante de nosso Deus os acusava de dia e de noite." Apoc. 12:10. Então, quando julgamos, acusamos e condenamos uns aos outros, estamos fazendo a obra de Satanás.

3. Que podemos esperar, se nos mordemos e devoramos uns aos outros ?

"Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros." Gál. 5:15.

4. Antes de tentar julgar, criticar ou corrigir outros, que deveremos nós fazer?

"E por que reparas tu no argueiro que está no olho de teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho; estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão." S. Mat. 7:3-5.

5. Que disse Cristo não ter Ele vindo fazer?

"E, se alguém ouvir as Minhas palavras, e não crer, Eu não o julgo: porque Eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo." S. João 12:47. "Porque Deus enviou o Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele." S. João 3:17.

6. Que pergunta faz S. Paulo com respeito ao julgar?

"Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio Senhor ele está em pé ou cai." Rom. 14:4.

7. A quem devemos todos nós dar contas?

"De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus." Rom. 14:1!

8. Que exortação faz, portanto, o apóstolo?

"Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão." Rom. 14:13.

9. Em vez de injuriar Seus inimigos, que fazia Cristo?

"O qual, quando O injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-Se Àquele que julga justamente." 1 S. Ped. 2:23.

10. Em que diferem entre si o juízo de Deus e o do homem?

"Porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração." I Sam. 16:7. "Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações, porque, o que entre os homens é elevado, perante Deus ê abominação." S. Luc. 16:15.

11. De que modo Cristo nos manda julgar?

"Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça." S. João 7:24.

12. Como, por quem e em que espírito devem ser tratados os que cometerem faltas ?

"Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado." Gál. 6:1.

13. De que são em geral culpados os que julgam os outros?

"Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo." Rom. 2:1.

14. A quem não somos inclinados a julgar e a condenar?

"Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados." I Cor. 11:31.

15. Que instrução nos dá S. Tiago quanto ao julgar?

"Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala da lei, e julga a lei: e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz." S. Tia. 4:11. Ver Tito 3:2.

16. Por que não é seguro julgar e condenar a outros?

"Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados." S. Luc. 6:37. "Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós." S. Mat. 7:2 Ver Sal. 18:25 e 26.

17. Para quando somos exortados a deixar o juízo?

"Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações." I Cor. 4:5.  
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal