Estudo 19 – Batismo, Lava -Pés e Santa Ceia - Estudos Bíblicos Adventistas

Ser Cristão, é ser Discípulo do Cristo.
Ir para o conteúdo

Estudo 19 – Batismo, Lava -Pés e Santa Ceia

24 Temas Cruciais
Série " 24 Temas Cruciais "
Objetivo principal: Entender o significado simbólico do batismo, do lava-pés e da santa-ceia.

Outros objetivos: Alertar para os erros introduzidos nesses rituais, que se mantidos na vida particular de cada um, levarão á perdição de suas vidas para a morte eterna. Esse, portanto, é um assunto muito sério.

O BATISMO

1. Que ordenou JESUS para seus discípulos fazer?

S. Marcos 16:15, 16 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.”deve preceder o batismo?

Mateus 28:20; Atos 2:38 “…ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. e “Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.”

O batismo é precedido pelo ensino, o crer, o arrepender-se, confessar, para então sermos batizados e praticar tudo o que JESUS mandou. O batismo inaugura uma nova vida, uma vida de obediência aos mandamentos de DEUS, conforme JESUS deu o exemplo e conforme Ele ensinou e ordenou que fizéssemos.

2. Que simboliza o batismo?

Romanos 6:10, 12 “Pois, quanto a ter morrido, de uma vez para sempre morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus. … Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, de maneira que obedeçais às suas paixões.”

O Batismo simboliza a morte para o pecado e vida nova para DEUS. É a morte da natureza carnal e o nascimento da natureza espiritual na pessoa, por sua livre decisão fundamentada em conhecimento bíblico.

3. Qual a forma do batismo, por imersão ou por aspersão?

Romanos 6:3, 4; Col. 2:12 “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida.” e “tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos.”

O verdadeiro batismo, que simboliza a morte para o pecado, como a Bíblia explica, é como um sepultamento. Portanto, deve ser por imersão, pois não se sepulta apenas, por exemplo, atirando um pouco de terra sobre um morto. JESUS, que nos serve de exemplo, foi batizado por imersão, no rio Jordão, por João Batista.

4. A que família passa a pertencer o converso?

Efés. 2:19 “Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus.”

Obs. O batismo é um momento feliz para o converso e para o céu inteiro.

O LAVA-PÉS

Antes da comunhão (a ceia) que fez JESUS? S. João 13:1-5 “Ora, antes da Festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim. Durante a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que traísse a Jesus, sabendo este que o Pai tudo confiara às suas mãos, e que ele viera de Deus, e voltava para Deus, levantou-se da ceia, tirou a vestimenta de cima e, tomando uma toalha, cingiu-se com ela. Depois, deitou água na bacia e passou a lavar os pés aos discípulos e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.”disse JESUS a Pedro ao ele querer recusar-se ao lava-pés? João 13:8 “Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu não te lavar, não tens parte comigo.”os seguidores de JESUS praticar o lava-pés?

S. João 13:14, 15, 17 “Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. … Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.”

5. Qual a razão do lava-pés?

S. João 3:16 “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

É para que não nos esqueçamos que somos servos uns dos outros, nunca superiores uns sobre os outros.

A SANTA CEIA

6. Que fez JESUS após o lava-pés?

S. João 13:12; I Cor 11:23-25 “Depois de lhes ter lavado os pés, tomou as vestes e, voltando à mesa, perguntou-lhes: Compreendeis o que vos fiz?” e “Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim.”

JESUS tomou a última ceia com os discípulos, a ceia de despedida. Nela, tomou como símbolo o pão pelo Seu corpo, e o suco da uva (sem álcool) como sendo símbolo de seu sangue. O corpo Ele levou á morte por nós, e seu sangue foi derramado por nós. Isso Ele fez para que, morrendo em nosso lugar, pudesse perdoar nossos pecados, e para que nós, se nos arrependêssemos, pudéssemos ser salvos por Ele, quando voltar novamente.

7. Que representa o pão e o vinho?

I Coríntios 11:26; S. Lucas 22:19, 20 “Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha. e “E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.”

O pão é símbolo do corpo de JESUS morto por nós, e o suco é símbolo do sangue derramado por nós. É grave erro o dogma da transubstanciação, pelo qual se diz que o vinho e o pão são literalmente transformados no sangue e no corpo de JESUS. Ora, Ele agora está vivo no lugar Santíssimo do tabernáculo celeste, e não pode mais ser submetido a novo sacrifício. Ele morreu uma vez por nós, e basta. O dogma da transubstancia cão é contrário aos escritos bíblicos, não se fundamenta neles, mas tem algo a ver com a mentira da imortalidade da alma.

8. Que devemos fazer antes de participar da Santa Ceia?

I Coríntios 11:27-30 “Por isso, aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; pois quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si. Eis a razão por que há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos que dormem.”

Devemos examinar-nos se há pecado do qual precisamos nos arrepender, e se houver, pedir perdão a DEUS. Então podemos participar do lava-pés e da ceia tranqüilamente, e será uma experiência impressionante. Durante esse ritual, nos lembraremos que em breve, quando formos levados para o Céu, lá tomaremos a ceia com o Senhor, como Ele prometeu.

9. Até quando a ceia deve ser celebrada?

I Coríntios 11:26 “Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha.”

Esse ritual será celebrado aqui na terra até que JESUS volte.

Sugestão importante: Decida-se pelo batismo, considerando o desejo pela salvação e vida eterna. É preciso que encontre a igreja que segue literalmente todos os ensinos da Bíblia. A Bíblia é a Palavra de DEUS, só ela que nos serve de orientação sobre como sermos salvos com certeza.

Perguntas complementares: Reflita sobre essas questões.

Por que surgiu o dogma do batismo de crianças?

É para que a decisão de pertencer a uma igreja nesse caso não seja delas. Portanto, ao crescerem, pela tradição, geralmente ficam onde estão, permanecendo no erro, onde praticamente nasceram. No entanto, só deve ser batizado aquele que tem capacidade de entender sua situação de pecador, arrepender-se dessa situação, e desejar não mais viver assim. Bebês não sabem nada disso, portanto, são levados a pertencer a uma igreja sem sua livre opção.

Por que a transubstanciação, se ela não é bíblica?

A transubstanciação traz a idéia que JESUS está sendo outra vez sacrificado naquele momento, pelos pecadores. Isso não é verdade. Ela desvia a atenção de JESUS como Sacerdote no santuário do céu, onde é o nosso intercessor, e não Maria. Portanto não é correto crer que Maria intercede por nós e que JESUS é muitas vezes morto por nós num ritual humano. A transubstanciação desvia o foco de Um Salvador vivo no Céu intercedendo por nós para um Salvador sendo morto outra vez aqui na Terra. Chega ao ponto de substituir esse Salvador por padres que dizem ter o poder de perdoar pecados, e pela mãe do Salvador, que o teria substituído. Tudo isso não é bíblico, foi inventado por seres humanos, durante a escura Idade Média. Hoje muitos aceitam porque perderam capacidade de questionar por quase não terem conhecimento sobre a Bíblia, e por isso, são enganados e nem sabem disso.

Comentário anexo

O batismo é o ritual que JESUS instituiu, para que nós, por livre decisão particular de cada um, mediante o ensino da verdade sobre a salvação, declarássemos publicamente que nos arrependemos de nossos pecados e que decidimos mudar de vida. O cerimonial do lava-pés foi também instituído por JESUS para o cultivo da humildade e da reconciliação mútua, tendo o sentimento do pecado e o valor do arrependimento. A santa-ceia foi instituída por JESUS em substituição aos rituais dos sacrifícios de animais. Aqueles sacrifícios serviam para lembrar que JESUS viria para morrer pela humanidade. Quando Ele veio, e morreu pela humanidade, então aqueles rituais deixaram de ter sentido, pois o que eles lembravam já se tornara realidade. Agora temos a santa-ceia, pela qual nos lembramos que JESUS vai voltar pela segunda vez, para nos buscar, todos aqueles que se arrependeram, creram e foram batizados.
Sikberto Renaldo Marks, professor titular, sénior, no curso de Administração de Empresas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ (Ijuí – RS)

Voltar para o conteúdo