Estudo 16 – A Origem da guarda do Domingo - Estudos Bíblicos Adventistas

Ser Cristão, é ser Discípulo do Cristo.
Ir para o conteúdo

Estudo 16 – A Origem da guarda do Domingo

24 Temas Cruciais
Série " 24 Temas Cruciais "
Objetivo principal: Entender como foi introduzido o dia de domingo entre o cristianismo.

Outros objetivos: Saber que a santificação do domingo não é bíblica, e é um falso dia de repouso e adoração.

1. Que haveria antes de JESUS voltar?

II Tessalonicenses 2:1-4 “Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor. Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.”

Atos 20:29-30 “Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles.”

2. Que dia guardavam os cristãos apostólicos?

Atos 15:21 “Porque Moisés tem, em cada cidade, desde tempos antigos, os que o pregam nas sinagogas, onde é lido todos os sábados.”dia guardavam os pagãos?

Deuteronômio 4:19; 17:2-3 “Guarda-te não levantes os olhos para os céus e, vendo o sol, a lua e as estrelas, a saber, todo o exército dos céus, sejas seduzido a inclinar-te perante eles e dês culto àqueles, coisas que o SENHOR, teu Deus, repartiu a todos os povos debaixo de todos os céus. e “Quando no meio de ti, em alguma das tuas cidades que te dá o SENHOR, teu Deus, se achar algum homem ou mulher que proceda mal aos olhos do SENHOR, teu Deus, transgredindo a sua aliança, que vá, e sirva a outros deuses, e os adore, ou ao sol, ou à lua, ou a todo o exército do céu, o que eu não ordenei.” O domingo é dia de adoração do sol, como faziam os antigos e modernos pagãos.

Jeremias 8:1, 2 “Naquele tempo, diz o SENHOR, lançarão para fora das suas sepulturas os ossos dos reis e dos príncipes de Judá, os ossos dos sacerdotes e dos profetas e os ossos dos habitantes de Jerusalém; espalhá-los-ão ao sol, e à lua, e a todo o exército do céu, a quem tinham amado, e a quem serviram, e após quem tinham ido, e a quem procuraram, e diante de quem se tinham prostrado; não serão recolhidos, nem sepultados; serão como esterco sobre a terra.”

Os pagãos adoravam o sol. Os Egípcios construíram a cidade de Eliópolis, cidade do sol, onde se adorava o sol, e ali construíram os ‘obeliscos’, monumentos ao sol, simbolizando a petrificação do raio de sol do meio dia.

3. Qual o dia do Sol?

Resposta: o domingo – Inglês – Sunday (dia do Sol); Alemão –Sonntag (dia do Sol)ordenou a guarda do domingo?

Resposta: Constantino, em 321 DC. – “Que todos os juízes, e todos os habitantes da cidade, e todos os mercadores e artífices descansem no venerável dia do Sol.”(Édito de Constantino, 03/07/321: Codex Theodosianus II, 8, ed. Th. Mommsen 12, 87; Codex Iustiniani, 3, 12, 2, ed. P. Kruger, 248, In.: Dies Domini, p. 70)

4. Quem ordenou o sábado?

Êxodo 20:8-11 Ver a passagem no estudo XV, pergunta 5. Foi DEUS que ordenou, Ele é o legislador, e Ele, como legislador nunca alterou a Sua Lei dos Dez Mandamentos.quem devemos obedecer? Atos 5:29 “Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens.”DEUS adoração de alguém que segue doutrina de homens? Mateus 15:9 e 13 “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. … Ele, porém, respondeu: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada.”promessas faz DEUS?

Salmo 37:25 “Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.”

Filipenses 4:19 “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades.”

Obs. O domingo não pertence à Igreja Católica nem aos protestantes, mas aos pagãos, principalmente os egípcios, os babilônios, e os romanos, que desde os tempos remotos veneravam o sol nesse dia. No Egito, as pirâmides e os obeliscos estavam associados com a adoração ao sol. Os obeliscos significam reverência ao sol como deus, inclusive o que atualmente se encontra na Santa Sé. Mais tarde também os Maias, o México e os Japoneses adoraram o sol. Na realidade, de uma forma ou de outra, todos os povos não cristãos adoravam o sol, por dar a luz para a vida. Trata-se a um culto que sempre esteve relacionado à mentira e à violência, voltado contra o DEUS Criador de todas as coisas. Note que antes do primeiro dia da semana nada havia sido criado, portanto, pela santificação desse dia, adora-se a satanás, que não é capaz de criar, pois é uma simples criatura.

Sugestão: Façamos como S. Pedro e Maria, mãe de JESUS, que santificaram o dia de sábado.

Comentário anexo: Não há em toda a Bíblia nenhuma autorização para se guardar e santificar o domingo. Fazendo assim, as pessoas agregam-se aos pagãos que não conhecem o DEUS Criador que se revelou em Sua Palavra escrita, a Bíblia.

PRIMEIRO DIA – DOMINGO

Citações bíblicas sobre o domingo

Esta relação apresenta todos os versículos em que consta primeiro dia da semana. São apenas nove em toda a Bíblia em que primeiro dia se refere a dia de semana, um no velho testamento, oito no novo. Examine-os e conclua se há alguma indicação de santidade para esse dia. Esses nove estão em negrito, os demais versículos referem-se a primeiro dia do mês por exemplo. Note que a palavra domingo não existe na Bíblia.

Gênesis 1:5 “E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã: o dia primeiro.”

Este é o primeiro dia da criação, em que DEUS iniciou Seu trabalho criativo na Terra.

Mateus 28:1 E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.
Este verso também nada diz sobre a santificação do domingo, apenas se refere às mulehres que foram ao sepulcro depois de terem santificado o sábado.

Marcos 16:2 E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol,

O mesmo que no verso acima.

Marcos 16:9 E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.

Nem aqui aparece o menor indicativo de que havia ou haveria a mudança do sábado para o domingo, apenas diz que no primeiro dia da semana JESUS apareceu às mulheres.

Lucas 24:1 E, no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado.
O mesmo que em versos anteriores.

João 20:1 E, no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.

O mesmo que em versos anteriores.

João 20:19 Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco!

JESUS aparecem entre os discípulos no primeiro dia da semana, no dia em que ressuscitou. Nenhum indicativo de que agora esse dia seria santificado em lugar do sábado. JESUS não pronunciou nenhuma palavra nesse sentido.

Atos 20:7 No primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e alargou a prática até à meia-noite.

Paulo já estava falando aos discípulos durante todo dia de sábado. Ele viajaria no dia seguinte, portanto, como queriam ouvir mais dele, prolongou suas exposições até a meia-noite do primeiro dia da semana, sendo que nada consta de que assim se tornou dia a santificar.

I Coríntios 16:2 No primeiro dia da semana, cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que se não façam as coletas quando eu chegar.

A atividade de separar recursos não deveria ser realizada no sábado, mas podia ser perfeitamente feita no primeiro dia, o domingo, pois não era dia santificado pelo Senhor. A recomendação de separar as ofertas no primeiro dia da semana não indica que agora esse era o dia de descanso, ao contrário, que não era o dia de descanso.
Sikberto Renaldo Marks, professor titular, sénior, no curso de Administração de Empresas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ (Ijuí – RS)

Voltar para o conteúdo