Estudo 13 – O Tempo do Juízo - Estudos Bíblicos Adventistas

Ser Cristão, é ser Discípulo do Cristo.
Ir para o conteúdo

Estudo 13 – O Tempo do Juízo

24 Temas Cruciais
Série " 24 Temas Cruciais "
Objetivo principal: Estudar especificamente sobre a época do início do juízo, e como ela foi profetizada.

Outros objetivos: Entender melhor a chave de garantia das datas do grande período profético dos 2.300 anos. Compreender a necessidade de uma atitude definitiva diante do grande julgamento que transcorre no Céu.

1. Quando o santuário do Céu foi purificado?

Daniel 8:14 “Ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado.”

O santuário celeste será purificado a partir do final dos 2.300 anos, ou seja, a partir de 1844, como já estudamos.

2. Que significa profeticamente uma tarde e uma manhã?

Ezequiel 4:6, 7; Números 14:34 “Quarenta dias te dei, cada dia por um ano. Voltarás, pois, o rosto para o cerco de Jerusalém, com o teu braço descoberto, e profetizarás contra ela.” e “Segundo o número dos dias em que espiastes a terra, quarenta dias, cada dia representando um ano, levareis sobre vós as vossas iniqüidades quarenta anos e tereis experiência do meu desagrado.” Em profecia, um dia significa um ano.

Quando começaram os 2300 anos? Daniel 9:25 “Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Ungido, ao Príncipe, sete semanas e sessenta e duas semanas; as praças e as circunvalações se reedificarão, mas em tempos angustiosos.” O início da contagem é o ano em que foi dada a ordem para reconstruir Jerusalém.esta ordem entrou em vigor?

Esdras 7:7, 8 “Também subiram a Jerusalém alguns dos filhos de Israel, dos sacerdotes, dos levitas, dos cantores, dos porteiros e dos servidores do templo, no sétimo ano do rei Artaxerxes. Esdras chegou a Jerusalém no quinto mês, no sétimo ano deste rei.” Isso aconteceu em 457 aC. Nota: O 7º ano de Artaxerxes foi de 457 para 456 aC.

3. Em que ano terminaram os 2300 anos?

Os 2.300 menos 457 menos 1 é igual a 1844, portanto, esse é o ano em que se iniciou o juízo no tribunal do Céu. Para o cálculo considerada-se que não houve o ano zero, por isso calcula-se 2.300 menos 456.

Nota: Em 1844 começou o juízo no Céu e na Terra a restauração da verdade, esse foi o estudo nº VII.

Comprovação da fidelidade das datas relativas à esta profecia:

Após 483 anos (7 + 62 semanas) haveria de vir O Messias. 483 – 456 AC = 27 dC)

No ano certo, O Messias apareceu. JESUS foi batizado no ano 27 dC, (S. Mateus 3:16; Atos 10:38).

“Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele.” e “como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele.”

Na metade da última semana das 70, O Messias seria morto. Daniel 9:26, 27. “Depois das sessenta e duas semanas, será morto o Ungido e já não estará; e o povo de um príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será num dilúvio, e até ao fim haverá guerra; desolações são determinadas. Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele.” Exatamente 3 anos e meio após o batismo JESUS foi crucificado, no ano 31. A profecia foi confirmada, Daniel 9:24. “Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para fazer cessar a transgressão, para dar fim aos pecados, para expiar a iniqüidade, para trazer a justiça eterna, para selar a visão e a profecia e para ungir o Santo dos Santos.”fim das 70 semanas (490 anos) Paulo converteu-se e o evangelho foi para os gentios (estrangeiros). Atos 7:58, 59; 9:15. “E, lançando-o fora da cidade, o apedrejaram. As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo. E apedrejavam Estevão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito!” e “Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel.” Este último verso refere-se a Paulo que antes se chamava Saulo. Ele esteve no apedrejamento de Estevão, que ocorreu no ano 34. Nesse ano terminou o período de 490 anos dado ao povo judeu, para que aceitasse o Messias, mas eles não o aceitaram, antes apedrejaram seus profetas. Do ano 34 em diante, o evangelho passou a ser pregado aos estrangeiros. Paulo tornou-se um dos principais pregadores para os chamados gentios.é hoje o povo judeu enfrenta guerra? Daniel 9:26, 27. “Depois das sessenta e duas semanas, será morto o Ungido e já não estará; e o povo de um príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será num dilúvio, e até ao fim haverá guerra; desolações são determinadas. Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele.” Os judeus nunca estiveram totalmente seguros. Eles perderam a proteção daquele que os formou como povo peculiar. No entanto, como indivíduos, eles tem as mesmas oportunidades que qualquer pessoa.

Atenção: Há um juízo em andamento no Céu, desde 1844. Quando esse juízo terminar, e ao que parece, será logo, então chega o dia de JESUS voltar. Isso nos diz o que devemos fazer.
Sikberto Renaldo Marks, professor titular, sénior, no curso de Administração de Empresas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ (Ijuí – RS)

Voltar para o conteúdo