Conforto na Aflição - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Conforto na Aflição

A Bíblia Responde > XII – Crescimento e Experiência Cristãs
A Bíblia Responde - Capítulo nº 12 - Crescimento e Experiência Cristãs

1. Está o povo de Deus Isento de aflição?

"Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas." Sal. 34:19.

2. Como trata Deus os afligidos?

"... e que ouvisse o clamor dos aflitos." Jó 34:28.

3. Que prometeu Ele aos que estão angustiados?

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia." Sal. 46:1.

4. Com que sentimentos contempla o Senhor Seus filhos?

"Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor Se compadece daqueles que O temem." Sal. 103:13.

5. Que sabe Ele, e de que Se lembra?

"Pois Ele conhece a nossa estrutura; lembra-Se de que somos pé." Sal. 103:14.

6. Que prometeu o Senhor ser para os oprimidos?

"O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempo de angústia." Sal. 9:9.

7. Que prometeu o Senhor aos Seus filhos quando passassem por provações e aflições?

"Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pêlo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti." Isa. 43:2.

8. Que disse Davi com deferência à aflição que estava sofrendo?

"Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os Teus estatutos." Sal. 119:71.

9. Quando afligido, pelo que orou ele?

"Olha para a minha aflição e para a minha dor, e perdoa todos os meus pecados." Sal. 25:18.

10. Antes de ser afligido, que fez ele?

"Antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a Tua Palavra." Sal. 119:67.

11. Que aprendeu Cristo por meio do sofrimento?

"Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu." Heb. 5:8.

12. No aperfeiçoamento do caráter, o que precisa sobrevir a todos?

"E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho Meu, não desprezes a correção do Senhor, e não desmaies quando por Ele fores repreendido: porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho." Heb. 12:5 e 6.

13. É essa correção uma ocorrência prazerosa?

"Na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela." Heb. 12:11.

14. Que ânimo e fortaleza, portanto, deveremos ter mesmo na hora da aflição?

"Portanto tornai a levantar as mãos cansadas, e os joelhos desconjuntados" Heb. 12:12. Ver também Jó 4:3 e 4; Isa. 35:3.

15. Que disse Jó em meio às suas aflições?

"Ainda que Ele me mate, n’Ele esperarei." Jó 13:15.

16. Como é Deus chamado nas Escrituras?

"O Deus de toda a consolação." II Cor. 1:3.

17. A quem conforta Deus?

"Deus, que consola os abatidos." II Cor. 7:6.

18. Que promessa é feita aos que choram?

"Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados." S. Mat. 5:4.

19. Por que nos conforta Deus na tribulação?

"Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados de Deus." II Cor. 1:4.

Quem tenha passado, ele próprio, pela tribulação e aflição, e recebido de Deus conforto, está mais habilitado para ministrar conforto a outros.

20. De que maneira deveremos relacionar-nos com as tristezas alheias ?

"Chorai com os que choram." Rom. 12:15. "Ao que está aflito devia o amigo mostrar compaixão." Jó 6:14.

21. Condói-Se Deus de nossas aflições?

"Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-Se de nossas fraquezas; porém Um que, como nós, em tudo foi tentado."
Heb. 4:15.

22. Como manifestou Deus Sua comiseração no caso de Maria e seus amigos que choravam pela morte de Lázaro?

"Jesus, pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-Se em espírito, e perturbou-Se e disse: Onde o pusestes? Disseram-Lhe: Senhor, vem e vê. Jesus chorou." S. João 11:33-35.

Não somente por Maria e seus amigos chorou Jesus. Olhando através dos séculos, viu as lágrimas e os sofrimentos que a morte produziria na humanidade neste mundo combalido pelo pecado. Seu coração foi tocado pelos sofrimentos humanos, e chorou com os que choravam.

23. Independentemente do que aconteça, que bendita certeza possui toda pessoa que ama a Deus?

"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus." Rom. 8:28.

Quando alguém ama a Deus, pode ter a certeza de que algum bem lhe resultará de toda provação e aflição.

24. Como quem, porém, não nos devemos entristecer? 

"Como os demais, que não têm esperança." I Tess. 4:13.

25. Quando os nossos amigos são depostos no repouso da morte, com que palavras nos é dito que nos confortemos uns aos outros?

"Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com Ele. ... Porque o mesmo Senhor descerá do Céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com Ele nas nuvens, a encontrar O Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto consolai-vos uns aos outros com estas palavras." I Tess. 4:14-18.

26. Que promessa fez Deus às mães despojadas de seus filhos?

"Assim diz o Senhor: Reprime a tua voz de choro, e as lágrimas de teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor, pois eles voltarão da terra do inimigo." Jer. 31:16.

27. Qual, disse Cristo, haveria de ser a experiência de Seu povo neste mundo?

"No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo." "Vós chorareis e vos lamentareis, e o mundo se alegrará, e vós estareis tristes; mas a vossa tristeza se converterá em alegria." S. João 16:33 e 20.

28. Em que sentido será a colheita do povo de Deus diferente de sua semeadura?

"Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará sem dúvida com alegria, trazendo consigo os seus molhos." Sal. 126:5 e 6

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal