As Provações e Seu Objectivo - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

As Provações e Seu Objectivo

A Bíblia Responde > XII – Crescimento e Experiência Cristãs
A Bíblia Responde - Capítulo nº 12 - Crescimento e Experiência Cristãs

1. Que diz o apóstolo São Pedro quanto às provações por que cada crente precisa passar?

"Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo: para que também na revelação da Sua glória vos regozijeis e alegreis." I S. Ped. 4:12 e 13.

2. Que importância tem a prova de nossa fé?

"Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória na revelação de Jesus Cristo." I S. Ped. 1:7.

"Quando Davi andava em fuga pelo deserto, perseguido por seu próprio filho, estava ele sendo preparado para tornar-se o suave cantor de Israel. A cova e a masmorra foram as melhores escolas em que José foi diplomado. O furacão que desmantelou a tenda de Jó e matou-lhes os filhos preparou o homem de Uz para escrever o magnífico poema que tem sido o encanto de todas as épocas. Não existe outro meio de extrair da palha o trigo, senão trilhando-a. Não há outro meio de purificar o ouro senão queimando." — One Thousand Best Gems, de Talmage, pág. 83.

Nada "acontece" ao cristão. Tudo quanto ocorre em sua vida é enviado por um sapientíssimo e amoroso Pai celestial, ou por Ele permitido, e destina-se a aperfeiçoar o caráter e a nossa preparação para o aumento de capacidade para servir. As pedras e anfractuosidades das encostas de montanhas são-nos o elemento natural para a ascensão. Mesmo os fracassos, se forem aceitos no devido espírito, podem tornar-se-nos degraus para atingirmos maiores alturas.

3. Que razão apresenta São Paulo, para gloriar-nos nas tribulações ?

"Também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança, e a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado." Rom. 5:3-5.

4. Que, segundo a profecia de Daniel, deveria acontecer ao povo de Deus em todos os tempos?

"E os entendidos entre o povo de Deus ensinarão a muitos; todavia cairão pela espada, e pelo fogo, e pelo cativeiro, e pelo roubo, por muitos dias." Dan. 11:33.

5. Por que deveria ser assim?

"E alguns dos entendidos cairão para serem provados, e purificados, e embranquecidos, até ao fim do tempo." Dan. 11:35.


6. Na previsão das lutas por que Seus seguidores iriam pas¬sar, que animosa mensagem lhes enviou Cristo pelo revelador?

"Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados [provados]. ... Sê fiel até à morte. ... 0 que vencer não receberá o dano da segunda morte." Apoc. 2:10. Ver as notas das págs. 237 e 269.

7. Que descrição faz S. Paulo dos sofrimentos suportados por alguns dos filhos de Deus nos primeiros tempos?

"Uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição; e outros experimentaram escárnios e açoites e até cadeias e prisões; foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados, (dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, pelas covas e cavernas da terra." Heb. 11:35-38.

8. Quantos, diz São Paulo, sofrerão perseguição?

"E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." II Tim. 3:12.

9. Aflige Deus voluntariamente os filhos dos homens?

"Porque o Senhor não rejeitará para sempre, pois ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão segundo a grandeza da Suas misericórdias. Porque não aflige nem entristece de bom grado aos filhos dos homens." Lam. 3:31-33.

10. Por que, então, permite Deus que sejamos castigados?

"Porque aqueles, [os pais] na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas Este, para nosso proveito, para sermos participantes da Sua santidade" Heb. 12:10.

11. Referindo-Se à futura prova por que S. Pedro passaria, pelo que disse Jesus haver já orado?

"Eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas Eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça." S. Luc. 22:31 e 32.

12. Que animosa promessa é feita aos que vencem as provações é tentações desta vida?

"Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que O amam." S. Tia. 1:12.

Diz um autor cristão: "Nossas tristezas não brotam da Terra. Deus 'não aflige nem entristece de bom grado aos filhos dos homens.' Quando permite que nos sobrevenham provações e aflições, é 'para nosso proveito, para sermos participantes da Sua santidade.' Se recebida com fé, a provação que parece tão amarga e difícil de suportar provar-se-á uma bênção. O golpe cruel que desfaz as alegrias tornar-se-á o meio de fazer-nos volver os olhos para o Céu. Quantos há que nunca teriam conhecido Jesus se a tristeza os não houvesse levado a buscar d’Ele conforto! As provações da vida são obreiras de Deus, para remover de nosso caráter impurezas e arestas. Penoso é o processo de cortar, desbastar, aparelhar, lustrar, polir; é molesto estar, por força, sob a ação da pedra de polimento. Mas a pedra é depois apresentada pronta para ocupar o seu lugar no templo celestial."
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal