A Ressurreição dos Justos - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Ressurreição dos Justos

A Bíblia Responde > VII – Acontecimentos Vindouros e Sinais dos Tempos
A Bíblia Responde - Capítulo nº 07 - Acontecimentos Vindouros e Sinais dos Tempos

1. Sobre que assunto não devemos ser ignorantes?

"Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança." I Tess. 4:13.

2. Que é apresentado como base de esperança e conforto?

"Porque se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com Ele." I Tess. 4:14.

3. Quando se dará esta ressurreição dos santos?

"Dizemos-vos, pois, isto pela Palavra do Senhor: que, nós os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do Céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro." I Tess. 4:15 e 16.

4. Que acontecerá então?

"Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor." I Tess. 4:17.

5. Com que devemos consolar-nos uns aos outros?

"Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras." I Tess. 4:18.

A esperança da ressurreição dos mortos para a vida imortal é a grande esperança apresentada no evangelho.

6. De que disse Cristo não nos devemos maravilhar?

"Não vos maravilheis disto: porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a Sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida, e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação." S. João 5:28 e 29.

7. Que é dito dos que estiverem incluídos na primeira ressurreição?

"Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição: sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com Ele mil anos." Apoc. 20:6.

8. Sobre que fato baseia S. Paulo a esperança cristã?

"Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dos mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permanecei nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens." I Cor. 15:12-19.

9. Que positiva declaração faz em seguida o apóstolo?

"Mas agora Cristo ressuscitou dos mortos, e foi feito as primícias dos que dormem. Porque, assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo." I Cor. 15:20-22.

A ressurreição é em muitos aspectos o acontecimento mais significativo da História. É o grande e inexpugnável fundamento e esperança da igreja cristã. Toda verdade fundamental do cristianismo está envolvida na ressurreição de Cristo. Se esta fosse derrubada, toda doutrina essencial do cristianismo seria invalidada. A ressurreição de Cristo é o penhor de nossa ressurreição e da vida futura.

10. Que disse Cristo de Si mesmo?

"Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive, e crê em Mim, nunca morrerá." S. João 11:25 e 26. "Eu O que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno." (Hades, segundo a Versão Brasileira.) Apoc. 1:18.

Cristo transformou a morte em um sono. A morte absoluta não conhece acordar; mas mediante Cristo todos os que caíram sob o poder da morte ressuscitarão, alguns para a vida sem fim, outros para a morte eterna. 

11. Que pergunta faz Jó, e que resposta lhe dá?

"Morrendo o homem, porventura tornará a viver? Todos os dias de meu combate esperaria, até que viesse a minha mudança. Chamar-me-ias, e eu Te responderia: Afeiçoa-Te à obra de Tuas mãos." Jó 14:14 e 15.

12. Por que desejava Jó que suas palavras fossem escritas num livro, e que com pena de ferro, e com chumbo, fossem para sempre esculpida na rocha?

"Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim Se levantará sobre a Terra. G depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus." Jó 19:25 e 26.

13. Como diz S. Paulo ressurgirão os santos?

"Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados." I Cor. 15:51 e 52.

14. Que grande mudança ocorrerá então em seus corpos?

"Assim também a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará em vigor. Semeia se corpo animal, ressuscitará corpo espiritual." I Cor. 15:42-44.

15. Que se dirá então?

"Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?" I Cor. 15:55.

16. Quando disse Davi se sentiria satisfeito?

"Quanto a mim, contemplarei a Tua face na justiça; satisfar-me-ei da Tua semelhança quando acordar." Sal. 17:15.

17. Que confortadora promessa fez Deus concernente aos santos que dormem?

"E os livrarei do poder da morte, Eu os resgatarei da morte; ó inferno, Eu serei a tua moedura." Os. 13:14. (Versão Figueiredo.)

18. Que mais prometeu Ele fazer?

"E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas." Apoc. 21:4.  
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal