A Queda e Redenção do Homem - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Queda e Redenção do Homem

A Bíblia Responde > II – O Pecado; Sua Origem, Resultados e Remédio
A Bíblia Responde - Capítulo nº 02 -  O Pecado; Sua Origem, Resultados e Remédio
1. Que se declara ser o pecado?

"Todo aquele que comete pecado, quebra também a lei: e pecado é o quebrantamento da lei." I S. João 3:4. (Versão Trinitária.)

2. Que precede a manifestação do pecado?

"Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado." S. Tia. 1:15, prim. parte.

3. Qual é o resultado final ou fruto do pecado?

"E o pecado, sendo consumado, gera a morte." S. Tia. 1:15, últ. parte. "O salário do pecado é a morte." Rom. 6:23.

4. A quantos do género humano passou a morte, como resultado da transgressão de Adão?

"Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram." Rom. 5:12. "Todos morrem em Adão." I Cor. 15:22.

5. Como foi a própria Terra atingida pelo pecado de Adão?

"Maldita é a Terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida; espinhos e cardos também, te produzirá." Gên. 3: 17 e 18.

6. Que outra maldição foi pronunciada como resultado do primeiro assassínio?

"E disse o Senhor a Caim:... E agora maldito és tu desde a terra que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força." Gên. 4:9-12.

7. Que juízo terrível veio em consequência do contínuo pecado e transgressão contra o Senhor?

"E disse o Senhor: Destruirei, de sobre a face da Terra, o homem que criei.... O fim de toda a carne é vindo perante a Minha face;a Terra está cheia de violência." "E era Noé da idade de seiscentos anos, quando o dilúvio das águas veio sobre a Terra.... Naquele mesmo dia se romperam todas as fontes do grande abismo, e as janelas dos céus se abriram." Gên. 6:7-13; 7:6-11.

8. Depois do dilúvio, que sobreveio em consequência de ulterior apostasia?

''Então desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam, e disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos, e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro. Assim o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a Terra; e cessaram de edificar a cidade." Gên. 11:5-8.

9. Como afectou o pecado toda a criação?

"Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora." Rom. 8:22.

10. Que explica a aparente demora de Deus em tratar com o pecado?

"O Senhor não retarda a Sua promessa, ainda que alguns a tenham por tardia, mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se." II S. Ped. 3:9.

11. Qual é a atitude de Deus para com o pecador?

"Porque não tomo prazer na morte do que morre, diz o Senhor Jeová; convertei-vos, pois, e vivei." Ezeq. 18:32.

12. Pode o homem libertar-se do domínio do pecado?

"Pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? nesse caso também vós podereis fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal." Jer. 13:23.

13. Que parte desempenha a vontade do homem em determinar se ele receberá a vida?

"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida." Apoc. 22:17.

14. Até que ponto sofreu Cristo pelos pecadores?

"Mas Ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades: o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados." Isa. 53:5.

15. Com que propósito Se manifestou Cristo?

"E bem sabeis que Ele Se manifestou para tirar os nossos pecados; e nEle não há pecado.... Quem comete pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus Se manifestou: para desfazer as obras do diabo." I S. João 3:5-8.

16. Qual foi a finalidade de haver Cristo tomado a forma humana?

"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também Ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo." Heb. 2:14.

17. Que coro triunfante porá fim ao reino do pecado?

"E ouvi a toda a criatura que está no Céu, e na Terra; e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas acções de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre." Apoc. 5:13.

18. Quando e de que maneira serão removidos os efeitos do pecado?

"Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a Terra, e as obras que nela há, se queimarão." II S. Ped. 3:10.

19. Como terminará a maldição da confusão das línguas?

"Nesse tempo darei aos povos uma língua pura, para que todos invoquem o nome de Jeová, a fim de O servirem de um só acordo." Sof. 3:9. ( Versão Brasileira.)

20. Até que ponto serão removidos os efeitos do pecado?

"E Deus limpará de 6eus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas." Apoc. 21:4. "E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os Seus servos O servirão." Apoc. 22:3.

21. Aparecerão outra vez o pecado e os seus maus resultados?

"Que pensais vós contra o Senhor? Ele mesmo vos consumirá de todo: não se levantará por duas vezes a angústia." Naum 1:9. "E não haverá mais morte." "E ali nunca mais haverá maldição contra alguém." Apoc. 21:4; 22:3.ém pode pôr em dúvida a existência do pecado. 0 ser ele permitido tem perturbado muitas mentes. Mas Aquele que pode das trevas tirar luz (II Cor. 4:6), a cólera do homem tornar em teu louvor (Sal. 76:10), transformar a maldição em bênção (Deut. 23:5), pode do mal tirar bem, e fazer de erros e quedas degraus que conduzam a terreno mais elevado. O Céu será mais feliz depois das dores deste mundo. "As dores relembradas aumentam a alegria presente," diz Roberto Pollock, em O Curso do Tempo, página 29. No resultado final ver-se-á que todas as coisas contribuíram para o bem daqueles que amam a Deus. Rom. 8:28.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal