A Obra Sinistra dos Anjos Maus - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Obra Sinistra dos Anjos Maus

A Bíblia Responde > XI – Vida Unicamente em Cristo
A Bíblia Responde - Capítulo nº 11 - Vida Unicamente em Cristo

1. Contra quem lutamos nós?

"Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." Efés. 6:12.

"Os feitos da História concorrem com as declarações da Revelação para impor-nos a desagradável convicção de que o género humano está sujeito à influência maléfica dum demonismo organizado, que tudo atinge. Tanto no curso das nações como no fenómeno do destino pessoal, a presença da perícia e capacidade demoníacas é muitas vezes notória, freqüentemente dominante, sempre má."— Footprints of Angels in Fields of Revelation, por E. A. Stockman, pág. 2.

2. A que lugar foram arremessados os anjos que pecaram?

"Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno [em Grego, tartarus, um lugar de trevas], e os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo." II S. Ped. 2:4.

3. Como é chamado o próprio Satanás?


"O deus deste século." II Cor. 4:4. "O príncipe deste mundo." S. João 14:30. "O príncipe das potestades do ar." Efés. 2:2.

4. Quantos são esses espíritos maus, ou anjos caídos?

"E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos." S. Mar. 5:9.

5. Qual é a ocupação principal de Satanás e de seus anjos ?

"E ali esteve no deserto quarenta dias, tentado por Satanás." S. Mar. 1:13. "Sede sóbrios; vigiai: porque o diabo, vosso adversário, anda em redor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar." I S. Ped. 5:8. Ver Apoc. 12:9 e 12; 16:14.

"Com a posse não reduzida de sua inteligência e força, eles constantemente nos assaltam em cada fraqueza, por toda entrada, por todos os meios, por métodos de embuste ou não.... Àqueles a quem não podem destruir, não cessam de apoquentar, atormentar. Inspiram mau temperamento; suscitam paixões vis; instilam vontade pervertida; geram a malícia, a inveja; impõem os cuidados, o temor, a desconfiança; sugerem o engano, a fraude, e todas as formas de crime." "Sobretudo, revelam-se no domínio criminal. Semeiam falsidade, incitam vingança, instigam o ciúme, geram contendas, auxiliam os furtos, o roubo, os incêndios, fomentam divórcios, planejam fraudes, instigam assassínios. Mantêm as tabernas e editam as Notas Policiais." — Footprints of Angels in Fields of Revelation, págs. 9, 10 e 12.

6. Que somos advertidos a não fazer?

"Irai-vos e não pequeis; não se ponha o Sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo." Efés. 4:26 e 27.

Os que dão lugar à ira ou retêm velhas desavenças, que cedem à tentação ou contemporizam com o vício, que condescendem com a intemperança, o orgulho, a loucura ou a leviandade, ou dão oportunidade a qualquer outra fraqueza, dão lugar ao diabo; isto é, dão ao diabo uma oportunidade para agir por meio deles concedem-lhe uma vantagem sobre eles próprios. Devemos, portanto, fechar para Satanás e seus anjos, todo acesso a nós. Devemos suprimir a ira, ser sóbrios e vigilantes, cortar no nascedouro todo impulso para o pecado.

7. Que espíritos estão sempre prontos para enganar e arruinar os que se mantêm fora de guarda ou são inclinados a extraviarem-se?

"E disse o Senhor: Quem induzirá Acabe, a que suba, e caia em Ramote de Gileade? ... Então saiu um espírito, e se apresentou ao Senhor, e disse: Eu o induzirei. E o Senhor lhe disse: Com quê? E disse ele: Eu sairei, e serei um espírito de mentira na boca de todos os seus profetas. E Ele disse: Tu o induzirás, e ainda prevalecerás; sai, e faze assim." I Reis 22:20-22. Ver II Tess. 2:10 e 11.

8. De que estavam possuídas muitas pessoas no tempo de Jesus?

"E traziam-Lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados." S. Mat. 4:24.

Como vampiros, os anjos maus apossam-se de todos a quantos podem controlar a mente e o corpo, e fazem neles morada. Somente por meio de Cristo pode ser desfeito esse cativeiro demoníaco. Enquanto isso não for feito, a pessoa que está nesse estado é prisioneira de Satanás "à sua vontade." Vão-se-lhe o domínio próprio e a faculdade de resistir à tentação. Ver II Tim. 2:26.

9. Como tratam muitos dos espíritos maus, aos que estão dessa maneira, possessos?

"E, quando vinha chegando, o demónio o derrubou e convulsionou." S. Luc. 9:42.

Os que se acham sob controle demoníaco são simples joguetes dos espíritos maus, que os dirigem a seu bel-prazer.

10. Ao aproximarmo-nos das cenas finais da provação humana, por que podemos esperar um aumento das manifestações demoníacas ?

"Ai dos que habitam na Terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo." Apoc. 12:12.

Familiarizados como estão, com as leis da Natureza, Satanás e seus anjos promovem tempestades e disseminam doença e morte no máximo que está ao seu alcance fazer; e, como inimigos de Deus, semelhantemente pervertem a verdade e disseminam o erro tanto quanto possível. Muito melhor, também, do que os habitantes do mundo, sabem eles que o fim de todas as coisas se aproxima rapidamente, e que o seu tempo para trabalhar é curto.

11. Sobre que assunto recebemos nós uma informação precisa?

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demónios." I Tim. 4:1.

12. Que classe dos servos de Deus parece terem os anjos do mal, por meio de homens ímpios, tornado o objeto especial de seu ataque?

"A qual dos profetas não perseguiram vossos pais?" Atos 7:52.

"De todas as classes de homens empregados pelo Pai do Céu na obra da redenção, nenhuma é mais ferozmente odiada pelos anjos maus do que toda a linhagem dos profetas; porque desde o primeiro deles até ao último, predizem a final e eterna subversão e completa extinção dos 'poderes das trevas,' dos 'espíritos da desobediência."— Footprints of Angels in Fields of Revelation, pág. 14.

Os anjos maus também incitam para a guerra tanto os homens como as nações, e por esse meio distraem-lhes a atenção das coisas pertinentes ao reino de Deus, e assim tiram a paz da Terra.

"Familiarizados com as leis que governam o estado mental, empregam todas as suas artes especializadas para excitar suspeitas pessoais e animosidades, e criar ressentimentos nacionais e conflitos sangrentos, sendo a sua satisfação máxima promover a destruição da paz e o banimento da concórdia da Terra, lançar os pobres filhos do pecado e da tristeza uns contra os outros, e transformar nosso mundo numa arena de luta e crime." — Idem, pág. 22.

13. Qual será a sorte final de Satanás e de seus anjos?

"Então dirá também aos que estiverem a Sua esquerda: Apartai-vos de Mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." S. Mat. 25:41. "E o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ra¬mo." Mal. 4:1. Ver Apoc. 20:9.

"Anjos de Deus guardarão o Seu povo, enquanto caminham na vereda do dever; mas não há certeza de semelhante proteção para os que deliberadamente se arriscam em terreno de Satanás. Um agente do grande enganador dirá e fará tudo para alcançar seu objetivo.... Por pretensões especiosas ele granjeia a confiança dos incautos. Pretende saber ler a história da vida e compreender todas as dificuldades e aflições dos que a ele recorrem. Disfarçando-se em anjo de luz, enquanto o negrume do abismo está em seu coração, manifesta ele grande interesse nas mulheres que buscam seu conselho. Diz-lhes que todas as suas dificuldades são devidas a um casamento infeliz. Isto pode ser muito verdade, mas semelhante conselheiro não melhora sua condição. Diz-lhes que precisam de amor e simpatia. Pretendendo ter grande interesse em seu bem-estar, lança um encanto sobre suas vítimas desapercebidas, encantando-as como a serpente encanta o tremente passarinho. Logo se encontram inteiramente em seu poder. O pecado, a infelicidade e ruína são a terrível sequência.

"Esses obreiros de iniquidade não são poucos. Sua vereda acha-se assinalada por lares desolados, reputações desfeitas e corações quebrantados. Mas de tudo isso o mundo pouco sabe. E eles continuam fazendo novas vítimas, e Satanás exulta com a ruína que operou.

"O mundo visível e o invisível estão em íntimo contacto. Pudesse ser erguido o véu, e veríamos anjos maus impelindo suas trevas ao nosso redor, e operando com todo o seu poder para enganar e destruir. Homens maus são rodeados, influenciados e ajudados por espíritos maus. O homem de fé e oração entrega seu ser à guia divina, e anjos de Deus lhe trazem luz e força do Céu." — E. G. White.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal