A Mensagem da Hora do Juízo - Estudos Bíblicos Adventistas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Mensagem da Hora do Juízo

A Bíblia Responde > VI – A Segura Palavra dos Profetas
A Bíblia Responde - Capítulo nº 06 - A Segura Palavra dos Profetas

1. Que profética visão do juízo foi dada a Daniel?

“Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um ancião de dias se assentou; a sua veste era branca como a neve, e o cabelo da sua cabeça como a pura lã; e seu trono era de chamas de fogo, e as suas rodas de fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e milhões de milhões assistiam diante dele; assentou-se o juízo, e abriram-se os livros.” Daniel 7:9-10

2. Que certeza deu Deus do julgamento?

“Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há-de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.” Atos 17:31

3. Que mensagem anuncia a chegada da hora do juízo?

“E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo. Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.” Apocalipse 14:6-7

4. Em face da hora do juízo, que é novamente proclamado?


“E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno,” (Primeira parte) Apocalipse 14:6


5. Que extensão alcançará a proclamação dessa mensagem?

"A toda nação, e tribo, e língua e povo." No mesmo versículo, última parte.

6. Que é todo o mundo convidado a fazer?

"Temei a Deus, e dai-Lhe glória." Apoc. 14:7.

7. Qual é a principal razão para isso, apresentada?

"Porque vinda é a hora do Seu juízo." No mesmo versículo.

8. A quem são todos convidados a adorar?

"Aquele que fez o céu, e a Terra." No mesmo versículo.

"Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um Ancião de dias Se assentou... Milhares de milhares O serviam, e milhões de milhões estavam diante d’Ele: assentou-se o juízo, e abriram- se os livros." Dan. 7:9 e 10.

"Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há-de julgar o mundo, por meio do Varão que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-0 dos mortos." Atos 17:31.

"E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a Terra, e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-Lhe glória; porque vinda é a hora do Seu juízo. E adorai Aquele que fez o céu, e a Terra, e o mar, e as fontes das águas." Apoc. 14:6 e 7.

Há só um evangelho (Rom. 1:16 e 17; Gál. 1:8), anunciado primeiramente no Éden (Gén. 3:15), pregado a Abraão (Gál. 3:8) e aos filhos de Israel (Heb. 4:1 e 2), e novamente proclamado em cada geração. Em seu desenvolvimento, o evangelho satisfaz as necessidades de toda crise na história da humanidade. Em sua pregação S. João Batista anunciava que o reino do Céu estava às portas (S. Mat. 3:1 e 2), e preparava o caminho para o primeiro advento. S. João 1:22 e 23. Cristo mesmo, em Sua pregação do evangelho, anunciava o cumprimento de uma profecia de tempo definido (as sessenta e nove semanas, ou 483 anos, de Dan. 9:25), e convidava o povo ao arrependimento, em face da vinda do Mes¬sias predito. S. Mar. 1:14 e 15. Do mesmo modo, ao chegar o tempo do juízo, e ao estar próximo o segundo advento de Cristo, uma proclamação universal destes eventos deverá ser feita na pregação do evangelho eterno, adaptado a satisfazer os imperativos da hora.

9. Que período profético se estende até ao tempo da purificação do santuário, ou juízo investigativo?

"E ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado." Dan. 8:14.

10. Quando expirou esse longo período?

"Em 1844. Ver o estudo do tópico “ O Grande período Profético” deste mesmo capítulo.

Nosso Senhor baseou Sua pregação do evangelho no cumprimento da primeira parte dos 2300 dias, ou anos (S. Mar. 1:14 e 15), uma profecia que determinava o tempo do primeiro advento. O período completo estende-se até ao tempo do juízo, que precede o segundo advento, e ao expirar-se o mesmo, uma especial mensagem evangélica é levada a todo o mundo, a qual proclama a hora do juízo eminente, e a todos concita à adoração do Criador. Os fatos da História. satisfazem a interpretação da profecia, pois, precisamente a esse tempo a mensagem era proclamada em várias partes do mundo. Isso marcou o início da grande proclamação do segundo advento, que atualmente se leva a efeito em todo o mundo.

11. Como se distingue o verdadeiro Deus de todos os deuses falsos?

"Assim lhes direis: Os deuses que não fizeram os céus e a Terra desaparecerão da Terra. ... Ele [o verdadeiro Deus] fez a Terra pelo Seu poder; Ele estabeleceu o mundo por Sua sabedoria e com Sua inteligência estendeu os céus." Jer. 10:11 e 12.

12. Por que justa razão se presta culto a Deus?

"Porque o Senhor é Deus grande, e Rei acima de todos os deuses... Seu é o mar, pois Ele o fez, e as Suas mãos formaram a terra seca. Ó vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor que nos criou." Sal. 95:3-6.

13. Por que adoram a Deus os Habitantes do Céu?

"Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, Dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque Tu, criaste todas as coisas, e por Tua vontade são e foram criadas." Apoc. 4:10 e 11.

14. Que memorial de Seu poder criador estabeleceu Deus?

"Lembra-te do dia do sábado para o santificar... Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a Terra, e o mar tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou: portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou." Êxo. 20:8-11.

15. Qual é o lugar do sábado na obra de salvação?

"E também lhes dei os Meus sábados, para que servissem de sinal entre Mim e eles: para que soubessem que Eu sou o Senhor que os santifica." Ezeq. 20:12.

16. Quantos serão chamado* a juízo?

"Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal." II Cor, 5:10.

17. Qual será a norma do juízo?

“Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos. Porque aquele que disse: Não cometerás adultério, também disse: Não matarás. Se tu pois não cometeres adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei. Assim falai, e assim procedei, como devendo ser julgados pela lei da liberdade.” Tiago 2:10-12

18. Em face do juízo, que exortação é feita?

"De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os Seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom quer seja mau." Ecles. 12:13 e 14.

Uma comparação de Apoc. 14:7, com Ecles. 12:13 e 14, sugere que o meio de se dar glória a Deus é guardar os Seus mandamentos, e que ao ser dada a mensagem da hora do juízo, o dever de guardar os mandamentos seria acentuado. Isso é claramente revelado na descrição dada do povo que se congregou de toda nação, tribo, língua e povo, como resultado da pregação dessa mensagem, em conexão com as outras mensagens que acompanham e seguem imediatamente. Desse povo se diz: "Aqui está a paciência dos santos: aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e têm a fé de Jesus." Apoc. 14:12.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal